[ editar artigo]

Uma visita inesperada

Uma visita inesperada

Ontem, depois de muitos e muitos dias sem se ver, Maju, a minha netinha veio me visitar. Sentou num sofá da sala e eu no outro. Me olhou longamente. Um olhar triste.
- O que foi ? 
E ela calada. Só me olhava. 
- Tava com saudade do vô, né ?
Os olhos dela ficaram mareados. Por pouco também  não chorei.
- Quer um abraço , né ?
Ela deu um leve sorriso. Um sorriso triste.
- Vem cá.
E ela caminhou em minha direção. Um andar lento. Um abraço longo, forte, calado. Um abraço cheio de saudade.

Literatura

EternizArte
Raimundo Moura
Raimundo Moura Seguir

(DRT 9922/BA) ator, dramaturgo, produtor. Pós – graduado em Arte Educação, Professor de Teatro(UFBA)

Ler conteúdo completo
Indicados para você