[ editar artigo]

Saudades

Saudades

 

 

Estou numa saudades sem nome

Sem endereço 

Sem caixa postal 

Saudades de dor no peito 

Algo para além do consciente 

Chega ser paranormal 

Estou com saudades do cheiro da chuva na areia

De banho de mar e espumas

Do mergulho de céu 

De boca 

Do véu da noite escura 

Saudades de mão na relva

De gritar até ficar rouco 

De sair nu e louco

De ir 

De ir 

De rir 

De ir 

De ir 

 

Alfredo de Morais Neto

Literatura

Ler conteúdo completo
Indicados para você