[ editar artigo]

Primeiro toque

Primeiro toque

 

Minha pele

impele

teu corpo nu

que veste

e se reveste

do braço que abraça

e cinge

o desejo

que escorre 

e socorre

ao clamor

do amor que flui

Liquidez da paixão

com pressão

na devoção

dos dois corpos a trocar energia

Nostalgia

de um momento eterno

na memória

na história

O silêncio balbucia

sons em acordes harmônicos

que se propagam na chama

do amor que inflama

no ar

no mar

no vento solar

Os astros celebram

o romance sideral

matinal

Cortejo da paixão

Em toques de clarins

cantos de serafins

O amor

Amado

Bem-amado

Amante

Apaixonante

Ao primeiro toque

da pele

que impele

Literatura

EternizArte
Gersão Maciel
Gersão Maciel Seguir

Pedagogo. Professor de Física. Mestre em ensino de Física. Poeta. Escritor

Ler conteúdo completo
Indicados para você