[ editar artigo]

Amor de outras vidas

Amor de outras vidas

Quantas reencarnações teremos que viver

Para que meu destino se una a você?

Possivelmente essa é nossa quarta,

Oitava ou até décima tentativa

Indo de deriva a deriva

Em busca do reencontro do nosso amor de outras vidas,

Perdido em tantas reencarnações e desilusões descabidas,

Minha existência sem você não tem sentido

Busco insensatamente traçar nosso destino, 

Que permanece inverso,

Talvez não seja o momento certo,

Talvez precisássemos evoluir por completo,

Pois os obstáculos continuam pregando peças

E insistindo nos separar

Foram tantos desencontros que mal consigo contar,

Será que um dia nossas reencarnações

Irão finalmente sincronizar?
 

Literatura

EternizArte
Keth Braz
Keth Braz Seguir

Escrevo poesia desde 14 anos. Sou apenas uma poeta que externiza através das palavras as inquietações que sopram dentro de mim.

Ler conteúdo completo
Indicados para você