[ editar artigo]

O amor em forma de miragem

O amor em forma de miragem

Desaparecemos assim de repente, sem pudor sem piedade, sem amor.

 

Deixamos a música tocar mais não dancemos.

Deixamos o tempo passar, sem amar sem se entregar... 

 

Abri a janela na esperança de você voltar, mas outra pessoa já estava a te procurar.

 

Deixamos o som ligado na esperança de tocar a nossa música ... 

 

Mais do que adiantaria ? sabemos que não conseguimos nos amar.

 

Somos como um vício.

Sou dependente de tuas carícias.

Somos como um vendaval ,

Que sempre causa destruição no final.

 

Nos machucamos ...

 

A cada reencontro um novo ponto,

é como se fossemos o nosso próprio monstro.

 

Nos amamos como se tudo fosse verdade e desaparecemos como uma mera miragem.

Concurso Poiésis EternizArte

EternizArte
Beatriz Costa
Beatriz Costa Seguir

Sou apaixonada por livros e belos sorrisos 🦋. Escrevo sobre tudo aquilo que amo e acredito ✨

Ler conteúdo completo
Indicados para você