[ editar artigo]

Vinte e poucos

Vinte e poucos

Aos vinte e poucos anos de vida

Aprendi a medir a felicidade 

Pela quantidade (e altura) do riso

Que consigo arrancar de você

 

Descobri que a música,

O vinho, o espaguete 

E as noites de sexta-feira

Só têm razão de ser 

Com você

 

Encontrei as palavras 

Que com mais ninguém 

Poderia dizer

E o carinho 

Que só em nós dois

Poderia viver

 

Aos vinte e poucos anos de vida

Só sei que é você, você, você

 

#Poesia #Concurso #Eternizarte #DeixeSuaCurtida 👍👍👍

EternizArte
Marco Faleiro
Marco Faleiro Seguir

Um poeta em construção.

Ler conteúdo completo
Indicados para você