[ editar artigo]

Uma Semana de Loucos

Uma Semana de Loucos

O primeiro dia da semana é de loucos assim como o resto dos dias são e sobreviver a eles é para poucos, problemas vêem átona aumentando a pressão.

A segunda-feira me deixou despedaçado faltando a fé e a esperança, o dia prossegue com o coração destroçado porém, nunca chega a bonança.

Na terça, eu estava cansado de esperar, o tempo passa lento de mais para mim e o dia estava louco para coperar porém desistir é uma ideia jamais a se pensar.

Na quarta, meus braços vazios estavam abertos, e ninguém para sobre pô-los. Assim como é de norte ao sul até a terra é envolvida por polos.

Na quinta eu estava esperando o amor, pois é, esperando o maldito amor e covarde como sempre, me pus em pavor e nem se quer pude sentir o seu calor.

Graças às estrelas é sexta-feira, o sorriso de ponta a ponta em meu rosto se forma e o coração acelera, o corpo soa e faz crescer a sementeira a medida que se conforma.

Estou queimando como um fogo selvagem no sábado, a covardia em mim se acovarda e se poe a correr e a esperança retorna como todo sábado com lágrimas no rosto a escorrer.

Tive um caminho longo a percorrer, acho que não vou à igreja ao domingo

Estarei esperando o amor, esperando o maldito amor.


 

Ler conteúdo completo
Indicados para você