[ editar artigo]

Todo Abraço Vale A Pena (Baticum Proletário)

Todo Abraço Vale A Pena

(Baticum Proletário)

Amor e paz

E muito mais

Desejo à vocês

Mais carnavais

Sem tribunais

Nem funerais

Façamos nossa vez

Tua presença Não

Tem preço

Muito afeto Com

Apreço

Reunir a craniada

Corres Loucos

Tudo e nada

Não é paz silenciada

Nem amor aprisionada

Loucos Correm na cidade Poesias

Nos busões Existência

Apreciada

Que não tem moderações

Só os Loucos estão salvos

Mira livros

Rimas alvos

Todo abraço vale a pena

Quando é sal Não é cena.

 

#poesia #concurso #Eternizarte

EternizArte
Baticum Proletário
Baticum Proletário Seguir

Poeta Arte Educador Brincante

Ler conteúdo completo
Indicados para você