[ editar artigo]

SIBRILHO

Quando em SI

Nasci...

Brilhei !

ESTRELEI...

Me bateram palmas

Virada de ponta cabEça
 

Fiquei PERPLEXA

CONCAVA...

CONVEXA...

INVERSA

 

Gritei...

e
até
chorei

 

Me conformei e engoli RESMUNGANDO

ToDa minha confusão

aconchegada ao peito d’ELLA
 

me banharam
me trocaram

Me passaram TALCO
e eu...???
 

Ah... PAGANDO!

Apagando...

POR TER NASCIDO BRILHANDO!

 

E ASSIM FIQUEI MUITO TEMPO

Em Si... MESMADA!

AMUADA...

MAU HUMORADA

 

VENCENDO NA VIDA DAS COISAS!!!

ATÉ NÃO QUERER MAIS

 

ENJOEI DAS CAMADAS

ENCRUSTADAS!!!

 

ACORDEI UM DIA EM SI

E LÁ... EM SI...

TOCOU O SINO 
 

DO TINO QUE EU ESQUECERA

E O DIAPASÃO ESCUTEI

 

ENTÃO COMPREENDI
E ME AFINANDO RESSURGI
 

DO PÓ BRANCO ACUMULADO...

POR ERAS E ANOS.

 

AGORA EM SI...

ME SIBRILHO!

 

QUE É ISSO?

 

MINHA VIDA GANHOU SENTIDO

MISSÃO COMPRIDA está minha, e

COM Óh...

POIS NÃO ACABEI AINDA

Só renasci em SI

E CHEGUEI

EM TI... 
 

SOU E SEREI TERNA MENTE


AS VEZES
PRESENTE
AS VEZES AUSENTE

 

COMO O NASCER DE MAIS UM DIA
RENOVADO E DIVINO POR TI

PORQUE A NOITE...
POR MAIS ESCURA QUE PAREÇA

NÃO OFUSCA...

O SI BRILHAR

 

CADA ESTRELA LÁ NO CÉU

SOMOS NÓS A

REPOUSAR


                                                                                          teka barreto

EternizArte
Teka barreto
Teka barreto Seguir

Palavras soltas ao vento como bolhas de sabão, eis aqui minha intenção.

Ler conteúdo completo
Indicados para você