[ editar artigo]

PERDIÇÃO

PERDIÇÃO

É um querer ardente do que não se pode ter

É ter o amor tão perto impossível de alcançar

É olhar para o ser fingindo que não o vê

É um desejo louco sem poder provar

É se esconder para não morrer de paixão

É olhar os lábios sem poder beijar

É sentir o perfume sem poder cheirar

É cobiçar o próximo sem poder chegar

É desejar um corpo que não pode abraçar

É afogar pensamentos para não deixar minar

É sentir a sede sem poder beber

É ter o pássaro na mão e deixar voar

É ter o corpo perto sem poder amar

É olhar os cabelos sem poder acariciar

É sentir o frescor do hálito sem poder se refrescar

É café com leite que não pode misturar

Amor proibido...

É uma dor na alma

Um choro sufocado

É traição profana

É invasão domiciliar

É novela sem final feliz

É imaginação fantasiosa.

EternizArte
PETRONILHA ALICE ALMEIDA  MEIRELLES
PETRONILHA ALICE ALMEIDA MEIRELLES Seguir

PROFESSORA MESTRE E LÍNGUA PORTUGUESA, LINGUISTA, PSICOPEDAGOGA, ESCRITORA DE LITERATURA INFANTIL E POETISA.

Ler conteúdo completo
Indicados para você