[ editar artigo]

O dom da escrita.

O dom da escrita.

Por muito tempo sonhei em ganhar um concurso literário ou ser contratado por um jornal ou quem sabe ter um livro publicado por uma editora. Reconhecimento das mídias ou da própria família, mas percebi que o dom da escrita é muito mais que isso, é um caminho solitário cercado por muitas expressões como por exemplo isso não tem futuro! Ninguém lê mais livros! Não tem outra coisa para fazer? Então entendi que ter o dom da escrita também é carregar em si algumas marcas e frustrações que na verdade nós entristece e as vezes nos inspira. Uma leve chuva cai lá fora nesse momento e eu aqui refletindo me imaginei nos tempos de criança onde as dores eram bala e chocolate e o cansaço era de sorrir e brincar. O dom da escrita pode ser uma dádiva ou quem sabe um fardo a ser carregado na enxurrada de incompreensão. Provalmente sempre imaginei que a escrita não seja apenas algo que se possa controlar mas algo que surge derepente em nós fazendo com que entremos em diversos mundos paralelos onde nossa alma se sente como uma criança correndo em meio as gramas verdes da esperança.  As vezes é bom imaginar que a arte em nós é eterna no sentido que somos um, e a eternizarte caminhará ao lado da eternidade um dia onde mora a saudade dos que entregaram o seu fardo e sonharam, viveram, e enfim foram intensos...

TAGS

dom

EternizArte
Everaldo Ferreira.
Everaldo Ferreira. Seguir

Eu sou aquele que caminha na arte da escrita. ef785997@gmail.com

Ler conteúdo completo
Indicados para você