[ editar artigo]

Minha flor de maracujá

Minha flor de maracujá

 

Minha flor de maracujá 

onde está você?

Lembro-me quando se arrastava

até o cimo de meu corpo

afogava em seus nós cada galho de meus braços

E matava cada rosa mais bela que brotava entre nós.

Lembro-me de teu cheio doce e amargo

Do peso de teu fruto apoiado em minha carne de aço

Para onde foi? 

Depois de matar meus pedaços

sufocar cada um de meus galhos

e me tirar a respiração

Para onde foi?

Se foi? Morreu como eu?

Não sei.

A verdade é que não sei de absolutamente nada

Sou o quê? E você era ou foi o quê? 

Não sei, não me lembro

Só recordo que tu sempre foi a minha flor de maracujá.

Era minha, era flor de maracujá e só.

EternizArte
Bianca Blauth
Bianca Blauth Seguir

Alguém cujo jardim ainda está florescendo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você