[ editar artigo]

fogo

fogo

hoje me vi naqueles dias

em que o sexo dentro da calça não cabia

e me atormentava a aflição da busca

pela brecha, pelo vão, pela cavidade

cheirosa onde se enfiar

corri à rua, e em meus olhos já se via

a fome

e as mulheres fugiam a temer

que a fome fosse a mesma

que a fome fosse contagiosa

a mesma fome que todos possuem

mas você não fugiu

você viu o desejo e em correspondência

se pôs de quatro

à minha frente

e disse vem

 

EternizArte
Guilherme Borges
Guilherme Borges Seguir

Português, amante da vida, amante da experimentação, amante dos sentidos. Correspondência: guilbox@sapo.pt

Ler conteúdo completo
Indicados para você