[ editar artigo]

Escravo de Si

Escravo de Si

Escravo de si

#Poesia #Concurso #Eternizarte


Não vejo mais à vontade de falar,

Dizer o que digo e afirmar a ansiedade.

Sinto, mas mal escuto. Sendo um estalo

Mais que minha vontade.

Lágrima cai!

A estrela do dia estremece a noite, e

Assim vai o tempo passando.

São figuras que demonstram o quanto,

É a quanta necessidade que se tem.

As regras já foram escritas,

As leis com efeito ab rogadas.

Só, o homem traz o esforço de ser,

Mais que um ser,

Escravo de si.

EternizArte
Tácio Dê
Tácio Dê Seguir

Poeta em Construção, mestre-aprendiz.

Ler conteúdo completo
Indicados para você